Posted on

Mine Finder: décimo jogo inscrito na MSXdev22

Mine Finder: décimo jogo inscrito na MSXdev22 | Revista Clube MSX

A organização da MSXdev, o já tradicional concurso de desenvolvimento de jogos para o MSX, divulgou a entrada do décimo jogo inscrito na edição de 2022. Mine Finder, de autoria do brasileiro – e nosso amigo – Paolo Fabrizio Pugno, é uma versão para MSX1 do clássico Campo Minado (ou Minesweeper, no inglês).

Mine Finder: décimo jogo inscrito na MSXdev22 | Revista Clube MSX

No jogo, você entrará em uma área pós-guerra e deserta repleta de minas terrestres. Seu objetivo é limpar o campo sem detonar nenhuma dessas minas. Se você, assim como muitos, jogou Campo Minado, saberá o que fazer. Em todo caso, há instruções no próprio jogo (disponíveis em inglês e português. Para alterar o idioma, mantenha a tecla HOME pressionada durante o boot). Um ponto interessante é que o jogo inteiro pode ser operado por teclado, joystick ou mouse. Outra coisa bacana é que se o jogo for carregado em um Expert ou em um HotBit, os textos são exibidos automaticamente em português.

Mine Finder: décimo jogo inscrito na MSXdev22 | Revista Clube MSX

Mine Finder é o décimo jogo inscrito na MSXdev22. Já estão no concurso Mix, Randoom, Blastoid, Cryptogram – Anagrams Crosswords, Wash Man, Defence, Safari Kids, WÖRD e Shadow Switcher.

FICHA TÉCNICA:

Título: Mine Finder
Sistema: MSX1
Gênero: Puzzle
Autor: Paolo Fabrizio Pugno
Mídia: ROM (16 kB)

EM TEMPO:

• Saiba mais sobre o jogo no site da MSXdev
• Link direto para baixar o jogo (arquivo zip)
Jogue-o agora mesmo em seu navegador
• Garanta a mais nova edição da revista Clube MSX
• Inscreva-se no canal da Clube MSX no YouTube
• Usa Telegram? Inscreva-se em nosso canal de transmissão

Posted on

Mix: nono jogo inscrito na MSXdev22

Mix: nono jogo inscrito na MSXdev22 | Revista Clube MSX

A organização da MSXdev, a tradicional competição de desenvolvimento de jogos para o MSX, divulgou a entrada do nono jogo inscrito na edição de 2022. Trata-se de Mix, um tributo do clássico Qix, criado pela Taito em 1981.

Mix: nono jogo inscrito na MSXdev22 | Revista Clube MSX

O objetivo do jogo é interessante e garante momentos de tensão. Com um marcador, você deve criar áreas na tela desenhando e juntando as linhas.

Mix: nono jogo inscrito na MSXdev22 | Revista Clube MSX

Rastreadores tentarão complicar sua vida: deslizam pelas bordas com o intuito de destruir você. Já os monstros verdes, maiores, tentam destruir o trabalho que está em andamento: se tocarem em uma linha inacabada, você perde uma vida. Como se não bastasse, caso o tempo acabe, você também perde uma vida.

Mix: nono jogo inscrito na MSXdev22 | Revista Clube MSX

Mix é o nono jogo inscrito na MSXdev22. Já estão no concurso Randoom, Blastoid, Cryptogram – Anagrams Crosswords, Wash Man, Defence, Safari Kids, WÖRD e Shadow Switcher.

FICHA TÉCNICA:

Título: Mix
Sistema: MSX1
Gênero: Arcade
Autor: Uninteresting
Mídia: ROM (16 kB)

EM TEMPO:

• Saiba mais sobre o jogo no site da MSXdev
• Link direto para baixar o jogo (arquivo zip)
Jogue-o agora mesmo em seu navegador
• Garanta a mais nova edição da revista Clube MSX
• Inscreva-se no canal da Clube MSX no YouTube
• Usa Telegram? Inscreva-se em nosso canal de transmissão

Posted on

Blastoid: sétimo jogo inscrito na MSXdev22

Blastoid: sétimo jogo inscrito na MSXdev22 | Revista Clube MSX

A organização da MSXdev, a tradicional competição de desenvolvimento de jogos para o MSX, divulgou nesta sexta-feira (25) a entrada do sétimo jogo inscrito na edição deste ano: Blastoid.

Blastoid: sétimo jogo inscrito na MSXdev22 | Revista Clube MSX

Blastoid é inspirado no jogo arcade Blasto, lançado em 1978 pela Gremlin Graphics. O enredo de Blastoid é um tanto quanto peculiar: viajando de volta ao tempo geológico profundo em sua máquina do tempo em forma de tanque, você deve atacar equinodermos, sejam eles ouriços-do-mar, estrelas-do-mar ou outros.

Blastoid: sétimo jogo inscrito na MSXdev22 | Revista Clube MSX

Blastoid é o sétimo jogo inscrito na MSXdev22. Já estão no concurso Cryptogram – Anagrams Crosswords, Wash Man, Defence, Safari Kids, WÖRD e Shadow Switcher.

Blastoid: sétimo jogo inscrito na MSXdev22 | Revista Clube MSX

FICHA TÉCNICA:

Título: Blastoid
Sistema: MSX1
Gênero: Arcade
Autor: Ludogix ltd
Mídia: ROM (32 kB)

EM TEMPO:

• Saiba mais sobre o jogo no site da MSXdev
• Link direto para baixar o jogo (arquivo zip)
Jogue-o agora mesmo em seu navegador
• Garanta a mais nova edição da revista Clube MSX
• Inscreva-se no canal da Clube MSX no YouTube
• Usa Telegram? Inscreva-se em nosso canal de transmissão

Posted on

Storm Rescue é o vencedor do 9º Concurso MSX-BASIC

Storm Rescue é o vencedor do 9º Concurso MSX-BASIC | Revista Clube MSX

O site MSXBlog, do espanhol José Andrés Gil, o Konamito, anunciou oficialmente na quinta-feira (17) o ranking dos participantes da nona edição de seu Concurso MSX-BASIC. Storm Rescue, jogo de autoria do brasileiro Renato Murta, foi o grande vencedor. ¿Quién mató al Conde Roquefort? II e Ice Hopper ficaram, respectivamente, nas segunda e terceira colocações. O concurso contou com dez jogos inscritos. Os jurados foram o brasileiro Rafael Jannone e o espanhol Raúl Portales.

Storm Rescue é o vencedor do 9º Concurso MSX-BASIC | Revista Clube MSX

Em Storm Rescue, assumimos o comando de um helicóptero de resgate que deve salvar vítimas em um navio que está afundando. Isso em meio a uma tempestade com direito a raios e rajadas de vento. “O Storm Rescue é baseado em um jogo que fiz na década de 90, por sua vez inspirado na mecânica do jogo Pouso na Lua, que eu havia feito na década de 80. O Storm Rescue foi feito do zero, muitas coisas foram desenvolvidas em programas individuais, como controle do helicóptero, efeito do raio, animação de cenário, comportamento da vítima. Para os gráficos, usei ferramentas próprias, editor de caracteres em BASIC no próprio MSX e o editor de sprites que desenvolvi no Excel. Dois terços do código do jogo são dedicados a construir dados na VRAM onde, além dos gráficos, telas e textos, também são armazenados dados, incluindo as animações”, conta Renato Murta à Clube MSX.

Storm Rescue é o vencedor do 9º Concurso MSX-BASIC | Revista Clube MSX

Ainda segundo o autor, o jogo foi escrito em BASIC puro e utiliza o compilador XBasic para agilizar trechos do código. “Ele [o Storm Rescue] usa o Xbasic para aumentar a performance. Fora isso, não usa mais nenhum recurso do XBasic. No concurso era permitido usar [o compilador], mas também era necessário que o jogo fosse inteiro em um único arquivo, uma única listagem”, explica.

Storm Rescue é o vencedor do 9º Concurso MSX-BASIC | Revista Clube MSX

Além do 9º Concurso MSX-BASIC, Murta já participou de edições do BASIC 10Liner, tradicional concurso de programas em BASIC com apenas 10 linhas de código. “Participei duas vezes do 10liners. Na primeira vez, com o editor PixelArtAnimation, ganhei dois títulos: vencedor da categoria SCHAU e o prêmio especial YELLOW_MAN, pelo código em si. Na segunda vez, com o jogo ORIGM, fiquei em quarto lugar, empatado com o [também brasileiro] Carlos Oliveira”, conta.

O ranking completo dos participantes do 9º Concurso MSX-BASIC está disponível no MSXBlog (em espanhol). No mesmo site é possível jogar cada um dos jogos participantes pelo MSXPen, por onde é possível visualizar também os códigos dos títulos inscritos.

EM TEMPO:

• Saiba mais sobre os jogos participantes
Garanta a mais nova edição da revista Clube MSX
• Inscreva-se no canal da Clube MSX no YouTube
• Usa Telegram? Inscreva-se em nosso canal de transmissão

Posted on

Clube MSX #14 inicia pré-venda com edições em português e inglês

Revista Clube MSX #14 inicia pré-venda online com edições em português e inglês | Revista Clube MSX

A revista Clube MSX está iniciando nesta sexta-feira (05/11) no Catarse a pré-venda online da Clube MSX #14, sua edição especial de fim de ano. E com uma grande novidade! Além de trazer nesta edição como brindes um pôster dupla face do jogo Souls Keeper (Oniric Factor, 2021) e a disk magazine Gold Disk #4 – que este ano vem com sete jogos exclusivos –, a revista apresenta pela primeira vez uma versão em inglês, fruto de demanda entre os leitores estrangeiros da revista (desde o seu primeiro número, a Clube MSX já foi enviada para mais de 10 países, incluindo Alemanha, Arábia Saudita, Austrália, Canadá, Espanha, Estados Unidos, França, Holanda, Inglaterra, Itália e Japão).

MESMA QUALIDADE, MESMO CONTEÚDO, DOIS SABORES

Revista Clube MSX #14 inicia pré-venda online com edições em português e inglês | Revista Clube MSX

Por R$ 29,00 + despesas de envio (há opção de frete internacional), o leitor já consegue adquirir a Clube MSX #14 (em português ou em inglês) com seus respectivos brindes. Também há recompensas para quem quiser adquirir mais de um exemplar da nova edição, e há ainda o combo do colecionador, para quem quiser garantir a nova revista nos dois idiomas. A pré-venda começou à meia-noite desta sexta-feira no site do Catarse (que aceita cartões de crédito internacionais), e vai até 20 de dezembro. Para garantir o seu exemplar, clique aqui.

ATRAÇÕES DA DÉCIMA QUARTA EDIÇÃO

Entre os atrativos da Clube MSX #14 estão a quinta parte do especial sobre rede no MSX, que desta vez fala sobre o serviço MSXHub; os reviews dos jogos Souls Keeper, Westen House, MinQ, Oohnograms e outros; uma matéria especial sobre as clássicas disk magazines japonesas Peach Up e Pink Sox; uma entrevista com o brasileiro Paulo Peccin, desenvolvedor do emulador WebMSX; uma matéria ensinando a construir cabos para gravadores do MSX; um artigo especial sobre a MSXdev21 e muito mais.

GOLD DISK #4 VIRÁ COM 7 JOGOS EXCLUSIVOS

Uma revista que traz um disquete, como nos velhos tempos… Como já é costume, toda edição especial de fim de ano da revista Clube MSX traz um novo exemplar da disk magazine Gold Disk, produzida pela própria revista. A Gold Disk #4 virá este ano com nada menos que 7 jogos exclusivos para MSX1, incluindo 2 jogos convidados (produzidos por desenvolvedores convidados pela revista). São eles: 5Shots, Atlantis, Balloon Pop Ex, Indian Night, Ninja Training, Wild West Math e Zombies.

No decorrer da campanha, teasers em vídeo sobre os jogos serão divulgados entre os apoiadores da nova edição. O teaser de 5Shots já foi divulgado e pode ser assistido abaixo.

ESPECIFICAÇÕES DA REVISTA:

Clube MSX nº 14
Número de páginas: 40
Ano: 2021
Período: Setembro-Dezembro
Idioma: Português ou Inglês
Formato: Impresso
Dimensões: 20,5 cm x 27,5 cm

EM TEMPO:

Garanta já a sua Clube MSX #14
Siga a Clube MSX no Twitter
Inscreva-se no canal da Clube MSX no YouTube
• Usa Telegram? Inscreva-se em nosso canal de transmissão

Posted on

5Shots: veja teaser de um dos jogos que estarão na Gold Disk #4

5Shots: veja teaser de um dos jogos que estarão na Gold Disk #4 | Revista Clube MSX

A pré-venda da revista Clube MSX #14, nossa edição de fim de ano, começa nesta sexta-feira (5/11) no Catarse. E como já é costume, toda edição especial de fim de ano da revista Clube MSX traz um novo exemplar da disk magazine Gold Disk, produzida por nós. A Gold Disk #4 virá este ano com nada menos que 7 jogos exclusivos para MSX1, incluindo 2 jogos convidados (produzidos por desenvolvedores convidados pela revista). Assista abaixo ao teaser de 5Shots, um dos jogos que estarão no disco.

Ao longo da pré-venda, divulgaremos teasers dos outros títulos presentes no disquete.

EM TEMPO:

Siga a Clube MSX no Twitter
Inscreva-se no canal da Clube MSX no YouTube
• Usa Telegram? Inscreva-se em nosso canal de transmissão

Posted on

Lunar Rescue: clássico terá versão para MSX, Coleco e SVI

Lunar Rescue: clássico dos anos 70 terá versão para MSX, Coleco e SVI | Revista Clube MSX

Lunar Rescue, clássico dos anos 70 nos arcades, terá em breve uma versão para ColecoVision, MSX e computadores Spectravideo. O desenvolvedor Tony Cruise, da Electric Adventures, divulgou nesta segunda-feira (27) um vídeo mostrando o progresso de sua versão do jogo para estas plataformas. Veja abaixo.

Lançado originalmente em 1979 pela Taito, Lunar Rescue nos coloca no comando de um módulo lunar que deve ser manobrado até a parte inferior da tela para que possamos resgatar os astronautas. No trajeto, é preciso desviarmos de asteroides e naves inimigas.

Lunar Rescue: clássico dos anos 70 terá versão para MSX, Coleco e SVI | Revista Clube MSX

EM TEMPO:

Site da Electric Adventures
Garanta já a mais nova edição da revista Clube MSX
Siga a Clube MSX no Twitter
Inscreva-se no canal da Clube MSX no YouTube
• Usa Telegram? Inscreva-se em nosso canal de transmissão

Posted on

Westen House: novo de Santi é um adventure de ação para MSX1

Westen House: novo de Santi Ontañón é um adventure para MSX1 | Revista Clube MSX

Foi lançado esta semana o jogo Westen House para MSX1. De autoria do desenvolvedor espanhol Santiago Ontañón, o mesmo autor de The Menace from Triton e XRacing – respectivamente ganhadores das edições 2020 e 2018 da MSXdev –, o jogo é um adventure de ação de alto nível e com perspectiva isométrica.

Westen House: novo de Santi Ontañón é um adventure para MSX1 | Revista Clube MSX

Westen House nos coloca na pele do Professor Edward Kelvin, que deve reunir as anotações científicas de seu recém-falecido colega Jonathan Westen (daí o nome do jogo) antes que a família dele tome posse da mansão.

Westen House: novo de Santi Ontañón é um adventure para MSX1 | Revista Clube MSX

Segundo Santi, o jogo estava sendo desenvolvido para a MSXdev21, mas não foi possível terminá-lo para inscrição no concurso. Agora pronto, o título e seu código estão disponíveis gratuitamente no GitHub do autor. Sem dúvida, mais uma joia para o nosso querido MSX.

Westen House: novo de Santi Ontañón é um adventure para MSX1 | Revista Clube MSX

O autor ainda não confirmou se haverá uma versão física do jogo em cartucho. Esperamos que sim.

FICHA TÉCNICA:

Westen House
Ano: 2021
Autor: Santiago Ontañón / Brain Games
Geração: MSX1
Gênero: Adventure
Controles: Teclado e controle
Formato: Imagem ROM
Tamanho: 64 kB
Som: PSG

EM TEMPO:

Baixe Westen House no GitHub do autor
Siga a Clube MSX no Twitter
Inscreva-se no canal da Clube MSX no YouTube
• Usa Telegram? Inscreva-se em nosso canal de transmissão

Posted on

Devwill Too: jogo brasileiro ganha versão em cartucho

Devwill Too: jogo brasileiro ganha versão em cartucho | Revista Clube MSX

A versão para MSX de Devwill Too, jogo de plataforma do brasileiro Paulo Andrés (Amaweks), ganhou uma edição física em cartucho na Repro Factory MSX Shop. O valor é 30 euros mais despesas de envio.

Convertido da versão para ZX Spectrum – por sua vez desenvolvida com o MPAGD e baseada na versão para Mega Drive, do mesmo autor –, o jogo nos coloca na pele de uma criatura humanoide semelhante a um diabinho. O objetivo da criatura? Encontrar o sentido da sua existência.

Devwill Too: jogo brasileiro ganha versão em cartucho | Revista Clube MSX

A edição digital de Devwill Too foi analisada na revista Clube MSX #13. Posteriormente, o título ganhou uma edição em disquete de 3.5″ em edição limitada.

EM TEMPO:

Compre o jogo Devwill Too em cartucho
Siga a Clube MSX no Twitter
Garanta a mais nova edição da revista Clube MSX
• Inscreva-se no canal da Clube MSX no YouTube
• Usa Telegram? Inscreva-se em nosso canal de transmissão

Posted on

Singular Stone: entrevista exclusiva com Murakata Tohji

Entrevista com Murakata Tohji (Singular Stone) | Revista Clube MSX

Para a revista Clube MSX #13, que em breve será lançada, Paulo Vinícius Radtke (PV) analisou o jogo Singular Stone, um RPG japonês de ação lançado em 2020 para MSX2. De autoria de Murakata Tohji, o título, distribuído em disquete, traz a popular vocaloid Hatsune Miku (e seus amigos) para dentro do MSX, em um caso bem interessante de licenciamento de personagem. Durante o desenvolvimento da matéria, PV teve a oportunidade de conversar com o autor. Abaixo está disponível a versão resumida desta entrevista exclusiva.

Entrevista com Murakata Tohji (Singular Stone) | Revista Clube MSX

Clube MSX – Você usava MSX nos anos 80?

Murakata Tohji (MT) – Comecei em 85 com um PV-7 da Casio, depois passei para um V-30F da Canon (MSX2). Em 2017, voltei para o MSX e achei outras pessoas no Japão que redescobriram PCs antigos como o MSX.

Clube MSX – Você é programador profissional? Já fez outros jogos?

MT – Não sou profissional, mas mudei de emprego para ter mais tempo para isso. Meu primeiro jogo é o Singular Stone. Inclusive vou fazer outro lote em 2021, eu não esperava que iria vender mais de 250 cópias.

Clube MSX – Quais suas inspirações para fazer jogos?

MT – Não é MSX, mas a Unity e seus assets são estimulantes. Também joguei muito o Wizardry 1 no MSX, mas para o Singular Stone acho que Triton, Romancia e The Maze of Galious foram inspirações. O estágio “OLD RELICS” eu me inspirei no “RELICS” da Bothtec.

Clube MSX – Como foi desenvolver um RPG de ação baseado nos Vocaloids e trabalhar com a Piapro?

MT – Eles me ajudaram bastante e os personagens ficaram jogáveis como eu queria. A Rin, o Len e a Snow Miku têm uma força especial para carregar a história. Como é um jogo não lucrativo, o preço é apenas 1000 Ienes e eu não posso usar um publisher. Mas como não preciso pagar uma licença, é uma boa opção para um projeto pessoal.

Clube MSX – Como foi fazer a música para um jogo com personagens associados a músicas populares? Algum fã mostrou interesse?

MT – Após a premiação de 2017 da Piapro, foquei no Singular Stone. Quando lançado, o número de seguidores de MSX e outros sistemas 8 bits aumentou no Twitter, mas o número de fãs da Hatsune Miku que me seguem não aumentou muito.

Clube MSX – O Singular Stone usa Screen 4. Você pensou em usar Screen 5?

MT – A Screen 5 é apropriada pro MSX, mas eu usei Screen 4 porque eu queria fazer um jogo nesse modo. Tem outros modos, como Screen 3 e 8, que eu não usei muito mas tenho interesse.

Clube MSX – Você está trabalhando no Otome Rekken Ban-Ga-Rua. Parece uma continuação do Yie Ar Kung-Fu 2.

MT – É uma homenagem ao Yie Ar Kung-Fu 2 que eu quero lançar no fim de 2022. É um MegaROM de 4 Mbits para MSX2 e som SCC. Eu gostaria de ter um modo aventura estilo Metroidvania, além de um modo combate. A palavra Ban-Ga-Rua é um anagrama dos fonemas japoneses para Yie Ar Kung-Fu (I- Aru Kan Fu-).

Entrevista com Murakata Tohji (Singular Stone) | Revista Clube MSX

FICHA TÉCNICA:

Título: Singular Stone
Sistema: MSX2
Ano: 2020
Gênero: RPG de ação
Autor: Murakata Tohji

Entrevista com Murakata Tohji (Singular Stone) | Revista Clube MSX

Entrevista com Murakata Tohji (Singular Stone) | Revista Clube MSX

Entrevista com Murakata Tohji (Singular Stone) | Revista Clube MSX

Entrevista com Murakata Tohji (Singular Stone) | Revista Clube MSX

EM TEMPO:

• Compre Singular Stone em disquete
Garanta a mais nova edição da revista Clube MSX
• Inscreva-se no canal da Clube MSX no YouTube
• Usa Telegram? Inscreva-se em nosso canal de transmissão