Publicado em

Veja como comprar a revista Clube MSX #10

Clube MSX #10 | Revista Clube MSX

A Clube MSX está iniciando neste sábado (12/09) a pré-venda online de sua décima edição. Exemplares já podem ser adquiridos aqui pelo valor de R$ 24,90 mais despesas de envio. A previsão é de que os envios da nova revista aos compradores comecem no dia 25 de setembro.

ATRAÇÕES DA DÉCIMA EDIÇÃO

Entre os atrativos da Clube MSX #10 estão o review do jogo Endurance, com direito a uma breve entrevista com o autor Fabio Ritter; um especial sobre os jogos da Namco no MSX;  o review do jogo Diana Cave Adventure; a primeira parte do especial sobre programação de jogos com o Fusion-C; a primeira parte da série sobre rede no MSX; uma matéria sobre fitas cassete e Data Corders; um apanhado dos simuladores de voo do MSX e mais.

A revista trará como brindes um pôster dupla face do jogo Endurance e um adesivo resinado dourado com o logo do MSX na cor preta. Para garantir seu exemplar, clique aqui.

ESPECIFICAÇÕES DA REVISTA:

Clube MSX nº 10
Número de páginas: 40
Ano: 2020
Período: Julho-Setembro
Idioma: Português
Formato: Impresso
Dimensões: 20,5 cm x 27,5 cm
ISSN: 2595-1076
Preço: R$ 24,90 + frete

Clube MSX #10 | Revista Clube MSX

Publicado em

MSXdev’20: The Menace from Triton é o grande vencedor

The Menace from Triton: sétimo jogo participante na MSXdev'20 | Revista Clube MSX

A organização da MSXdev, o já tradicional concurso de desenvolvimento de jogos para o MSX, divulgou nesta sexta-feira (11) os resultados finais de sua edição 2020. O shmup The Menace from Triton, do espanhol Santiago Ontañón (Brain Games) ficou na primeira colocação, seguido dos jogos Relevo’s Snowboarding (Revelo) e Stupid Martians (Visualedu).

A MSXdev’20, cujo prazo de inscrição se encerrou no último dia 30 de julho, alcançou a incrível marca de 21 títulos inscritos. Os jogos participantes (em ordem alfabética) foram: Anchors Aweigh, BlockPuzzle, Bloody Mary, Chambers of Thyrea, Curcuna, Dot Attack, Find It!, Freedom Fighter, Jäästä, l’Abbaye des Morts, Landing, Litterbox, Pacific, Raftoid, Relevo’s Snowboarding, SPC Super HOOPS, Stupid Martians, Subcommander, The Menace from Triton, Witch Day e Yazzie MSX Remastered.

EM TEMPO:

Adquira a nova edição da revista Clube MSX

Publicado em

Chegou o openMSX 16.0: baixe agora a nova versão do emulador

Emulador openMSX ganha nova versão: baixe agora o openMSX 16.0 | Revista Clube MSX

Já está disponível para download gratuito o openMSX 16.0, nova versão de um dos mais utilizados emuladores de MSX. Na verdade deveria ser openMSX 0.16.0, mas o time de desenvolvimento anunciou o corte do zero, migrando para um novo controle de versão.

Entre as novidades e melhorias estão a funcionalidade de copiar e colar e suporte a arrastar e soltar (finalmente). Também há uma emulação mais precisa do chip de som Yamaha YM2413 e um novo modo de teclado. O Catapult, a interface gráfica do openMSX, também foi atualizado.

O openMSX 16.0 e o Catapult podem ser baixados a partir do site oficial, por onde é possível ver também a lista completa de novidades do emulador. A nova versão está disponível para os sistemas operacionais Windows e MacOS.

EM TEMPO:

Garanta já a mais nova edição da revista Clube MSX

Publicado em

Crowdfunding do dia: livro ‘O MSX-DOS revelado’

Crowdfunding do dia: livro 'O MSX-DOS revelado' | Revista Clube MSX

No último post falamos sobre a campanha de financiamento coletivo de um baralho de micros e consoles clássicos, campanha esta que foi a primeira lançada pelo podcast Retrocomputaria. Agora é hora de falar sobre outro projeto de crowdfunding brilhante, o do livro O MSX-DOS revelado, que, com apenas alguns dias de campanha no ar, foi financiado. Já garanti meu exemplar!

De autoria de Ricardo J. Pinheiro, um dos integrantes do Retrocomputaria – e membro do time da revista Clube MSX –, a obra de 220 páginas se propõe a cobrir todo o universo do sistema operacional MSX-DOS de forma didática. E, nas palavras do próprio autor, é voltada não só para usuários avançados. “Este livro é para usuários iniciantes, intermediários e avançados. Estou cobrindo nele tudo que eu achei a respeito do MSX-DOS 1, do MSX-DOS 2, do Nextor, do MSX-DOS Tools, das extensões do BASIC para uso de drives (Disk-BASIC 1.0, 2.0 e 3.0), dos utilitários do sistema, além de ter dicas e macetes para um melhor uso do seu MSX. Certamente este é o livro mais completo sobre o MSX-DOS feito no mundo, e é um livro para ser colocado do lado do micro e usá-lo”, conta.

Para garantir o seu exemplar do livro O MSX-DOS revelado, clique aqui. A campanha permanecerá ativa no Kickante até o dia 10 de outubro de 2020.

Crowdfunding do dia: livro 'O MSX-DOS revelado' | Revista Clube MSX

EM TEMPO:

Garanta já a mais nova edição da revista Clube MSX
Baralho de micros e consoles clássicos

Publicado em

Crowdfunding do dia: baralho de micros e videogames clássicos

Baralho de micros e videogames clássicos do Retrocomputaria | Revista Clube MSX

Os integrantes do podcast Retrocomputaria, que também organizam os encontros MSXRio e RetroRio, iniciaram uma campanha de financiamento coletivo no Kickante de um baralho de micros e videogames clássicos. São ao todo 54 cartas para jogar contemplando alguns dos mais icônicos microcomputadores e consoles já lançados, entre eles o Expert, da Gradiente, e o HotBit, da Sharp, representantes brasileiros da linha MSX no conjunto de cartas.

Baralho de micros e videogames clássicos do Retrocomputaria | Revista Clube MSX

De acordo com o próprio Retrocomputaria, o baralho é uma homenagem a todos os micros e videogames produzidos nos anos 1980 e 1990. As artes dos consoles e computadores, todas em pixel art, foram feitas pelo Giovanni Nunes, integrante do podcast e colaborador da revista Clube MSX. O baralho traz os quatro naipes (Copas, Ouros, Espadas e Paus) e todas as cartas (2 a 10, Valete, Dama, Rei e Ás), incluindo ainda dois coringas.

Baralho de micros e videogames clássicos | Revista Clube MSX

A campanha de financiamento coletivo, que vai até o dia 10 de outubro de 2020, é a primeira lançada pelo Retrocomputaria. Vale a pena contribuir. Ajudando a financiar o baralho, vocês também estão ajudando este histórico e importante podcast brasileiro. Como amante de cartas de baralho e cards colecionáveis, é óbvio que eu já garanti meu exemplar! Para garantir o seu, clique aqui.

CONSOLES HOMENAGEADOS NO BARALHO

• Atari VCS 2600, da Polyvox
• Intellivision, da Sharp
• Master System, da TecToy
• Odyssey, da Philips
• Phantom System, da Gradiente
• Amiga CD32, da PCI
• Telejogo, da Philco

MICROS HOMENAGEADOS NO BARALHO

• Amiga 600, da PCI
• CP-400, da Prológica
• CP-500, da Prológica
• Expert, da Gradiente
• HotBit, da Sharp
• Mac 512 da Unitron
• MC-1000, da CCE
• Solution 16, da Prológica
• TK-90X, da Microdigital
• TK2000 da Microdigital
• TK3000 IIe da Microdigital

Publicado em

Agora você já pode assinar a revista Clube MSX

Agora você já pode assinar a revista Clube MSX

A Clube MSX está estreando nesta quarta-feira (5) seu serviço de assinatura. Por apenas R$ 34,90 por trimestre, o assinante recebe em seu endereço as novas edições da revista já com as despesas de envio incluídas.

Disponível somente no Brasil, o serviço de assinatura da revista Clube MSX utiliza a plataforma de assinatura do MercadoPago e funciona como um serviço de pagamento recorrente, oferecendo ao assinante a facilidade de poder cancelar a assinatura quando desejar, sem burocracia.

CONHEÇA OS BENEFÍCIOS DE ASSINAR A CLUBE MSX

Entre os benefícios de tornar-se um assinante estão: assinatura com desconto (assinantes Clube MSX têm 15% de desconto em edições futuras); comodidade (o assinante recebe a revista no seu endereço sem precisar fazer compras na loja virtual a cada edição lançada) e mais brindes (além dos brindes que normalmente acompanham a revista, assinantes Clube MSX recebem outros).

Para assinar a revista Clube MSX, clique aqui (é necessário ter um cartão de crédito).

EM TEMPO:

Você ainda não tem a Clube MSX #9? Garanta seu exemplar aqui

Publicado em

Mystery City: adventure brasileiro para MSX2 e ZX Spectrum Next

Mystery City: adventure brasileiro para MSX2 e ZX Spectrum Next | Revista Clube MSX

“Outro cigarro e uma dose de uísque. Seria uma noite fria e solitária como qualquer outra, se eu não fosse chamada para investigar um assassinato engenhoso no Hotel Casablanca…”. Assim começa Mystery City, novo adventure em português criado pelo brasileiro Rogério Biondi para MSX2 e ZX Spectrum Next e distribuído digitalmente pela Loopdigital (o autor não cobra nada pelo jogo, mas, no bom e velho esquema “Name your own price”, você pode enviar a quantia que desejar para ele, a fim de estimular a produção de novos jogos).

Mystery City: adventure brasileiro para MSX2 e ZX Spectrum Next | Revista Clube MSX

Inspirado nos filmes noir, Mystery City nos coloca na pele de Thomas Falken, um detetive de polícia aposentado. Enfrentando a crise da meia idade, divorciado e longe de seus filhos, o protagonista se vê cansado de lidar com casos comuns, como roubos e adultérios. No entanto, sua vida monótona muda quando ele recebe uma ligação para investigar um assassinato que se mostra muito mais complexo e profundo do que qualquer caso comum que ele já tenha pego. E onde aconteceu isso? Em Mystery City, um lugar sujo e perigoso, mas que também é uma cidade cosmopolita, viva, vibrante e cheia de quebra-cabeças.

Adventure brasileiro para MSX2 e ZX Spectrum Next | Revista Clube MSX

Construído com o motor DAAD, o jogo utiliza sintaxe simples baseada na lógica de duas ou três palavras, como ABRIR PORTA. Se o usuário se sentir confuso, ele pode digitar a qualquer momento o comando: TOMAR NOTAS. O jogo apresentará seu progresso e uma visão geral básica de como jogá-lo.

Adventure brasileiro para MSX2 e ZX Spectrum Next | Revista Clube MSX

Mystery City pode ser baixado aqui. O autor não descarta uma edição física do jogo. Destaque para o belo manual (em formato PDF) que acompanha a versão digital.

Adventure brasileiro para MSX2 e ZX Spectrum Next | Revista Clube MSX

EM TEMPO:

Garanta a mais nova edição da revista Clube MSX

Publicado em

Começaram os envios da revista Micro Sistemas nº 23a

Começaram os envios da Micro Sistemas nº 23a | Revista Clube MSX

Começaram na última sexta-feira (31 de julho) os envios da revista Micro Sistemas nº 23a, edição especial da lendária revista Micro Sistemas. A previsão é de que até amanhã (04/08) todos os códigos de rastreamento já tenham sido comunicados aos primeiros compradores pelo sistema da Clube MSX e por e-mail. Para visualizar seu código de rastreamento, basta clicar na opção Minha Conta (menu superior), fazer o login e clicar em Pedidos.

A edição especial da revista Micro Sistemas, disponível na loja virtual da Clube MSX, foi produzida pela softhouse luso-brasileira Bitnamic Software em conjunto com Renato Degiovani, autor do clássico jogo adventure Amazônia e ex-editor da revista Micro Sistemas. A nova especial da publicação é uma das produções especiais que marcam o relançamento do Amazônia, pelas mãos da Bitnamic Software, para as linhas MSX, Sinclair ZX 81, Sinclair ZX Spectrum e IBM PC (versões para MS-DOS e Windows).

A nova edição da Micro Sistemas traz como brindes exclusivos dois cards físicos que dão direito aos downloads do Amazônia 2020 e do Gênesis. Para adquirir a revista, clique aqui.

Revista Micro Sistemas nº 23a

Publicado em

Litter Box: sexto jogo participante na MSXdev’20

Sexto jogo participante na MSXdev'20 | Revista Clube MSX

A organização da MSXdev’20, a tradicional competição anual de desenvolvimento de jogos para MSX, anunciou a entrada do sexto participante na edição deste ano: Litter Box. Trata-se de uma espécie de clone do Pac-Man, mas com, digamos, uma certa originalidade: no jogo, você controla um gato que deve comer toda a ração (representada pelos pontos brancos na tela). Após comer tudo, o gato regressa ao ponto de início, ou seja, à caixa de areia (litter box, em inglês, daí o nome do jogo), para, bem, fazer cocô. Você deve cumprir essa missão antes de o tempo acabar, o que não é uma tarefa fácil. Se o tempo se esgotar, é fim de jogo direto, mesmo que você ainda tenha vidas.

Litter Box: sexto jogo participante na MSXdev'20 | Revista Clube MSX

Além da questão do tempo, evite o contato com os cachorros, seus inimigos. Se você colidir com um deles, perderá uma vida. Eventualmente, ratos surgem correndo na tela. Pegue-os para ganhar pontos extras!

Litter Box: sexto jogo participante na MSXdev'20 | Revista Clube MSX

A jogabilidade agarrada e a falta de música são compensadas pelo gráfico (que, apesar de simples, é agradável, lembrando os títulos da Namco para MSX1). Os sprites dos cachorros ficaram legais.

Sexto jogo participante na MSXdev'20 | Revista Clube MSX

Litter Box, cuja ROM pode ser baixada aqui, é de autoria do holandês Raymond van Hoorn. Segundo Raymond, o jogo foi testado em computadores MSX1, MSX2, MSX2+ e TurboR e também na versão atual de desenvolvimento do openMSX (openMSX 0.15.0-833-g44d29x951). No WebMSX e em um HotBit também funcionou bem.

O jogo é a sexta adição à MSXdev’20. Já estão no concurso Landing (outro jogo com um gato), Dot Attack (resenhado na Clube MSX #8), Jäästä, Subcommander (resenhado na Clube MSX #9) e Yazzie MSX Remastered.

INFORMAÇÕES ADICIONAIS:

Sistema: MSX1
Gênero: Labirinto
Autor: Raymond van Hoorn / RAY2DAY MSX SOFTWARE
Tamanho do jogo: 16 kB
Requisitos de tamanho da RAM: 16 kB
Licença: Freeware

EM TEMPO:

Garanta já a mais nova edição da Clube MSX

Publicado em

Hokuto Man: minijogo de luta do Cobinee para MSX1

Minijogo de luta do Cobinee para MSX1 | Revista Clube MSX

Das mãos do japonês Cobinee nasceu recentemente mais um minijogo para MSX1, desta vez um de luta – e que mais se parece um Yie Ar Kung-Fu de bonecos palitos. Em Hokuto Man, assim como no clássico da Konami, enfrentamos uma série de adversários, um por vez, cada qual com sua arma e estilo de ataque. A cada rodada, nos deparamos com um oponente teoricamente mais difícil de ser derrotado.

Minijogo de luta do Cobinee para MSX1 | Revista Clube MSX

Hokuto Man: minijogo de luta do Cobinee para MSX1 | Revista Clube MSX

Você começa o jogo com cinco mil pontos de energia, e no seu repertório de golpes estão incluídos soco e voadora. Quando você acerta um soco no oponente, ganha um ponto, e quando acerta uma voadora, ganha dois pontos. Cada vez que você acerta um golpe, sua barra de especial enche um pouco. Quando ela estiver cheia, você poderá aplicar – com a tecla Shift – alguns dos golpes especiais (selecionáveis com a seta para baixo).

Hokuto Man: minijogo de luta do Cobinee para MSX1 | Revista Clube MSX

Minijogo de luta do Cobinee para MSX1 | Revista Clube MSX

Minijogo de luta do Cobinee para MSX1 | Revista Clube MSX

Cuidado ao ficar perto dos inimigos por muito tempo, pois eles também possuem seus golpes especiais, que vão desde uma sequência de socos rápidos até chutes giratórios. A cada ataque sofrido, você perde pontos de energia. Se energia acabar, é fim de jogo.

Minijogo de luta do Cobinee para MSX1 | Revista Clube MSX

A tela intermediária do jogo, que aparece antes de a primeira luta começar, mostra um resumo dos comandos do jogo. Nosso herói consegue até dar saltos mortais, como podemos ver abaixo. Hokuto Man pode ser baixado gratuitamente aqui. Ou você pode jogá-lo online, diretamente no emulador WebMSX, clicando aqui.

Minijogo de luta do Cobinee para MSX1 | Revista Clube MSX

EM TEMPO:

Alguns títulos desenvolvidos por Cobinee já apareceram na revista Clube MSX, entre eles LR (Clube MSX #8), MayQ (Clube MSX #3) e Z (também na Clube MSX #3).

Garanta já a mais nova edição da revista Clube MSX